Press "Enter" to skip to content

Mulher acusada de fraude a uma seguradora depois de serrar a própria mão

Uma eslovaca está a ser acusada de fraude depois de serrar a própria mão. Iria receber quase 400 mil euros mas… ficou de mãos a abanar!

Aliás, esta catraia de 21 anos arrisca-se mesmo a ir pá choldra. Pelos vistos esta criatura com abundante QI decidiu, em conluio com a família, serrar a própria mão e receber depois 400 mil em prestações mensais do seguro.

Tão esperta foi que fez não um, não dois, mas 5 seguros poucas semanas antes do acidente. A rapariga e a família dizem que tudo foi um infeliz incidente mas a bófia eslovaca não vai cá em cantigas e os procuradores querem mesmo engaiolar por 8 anos a maneta e familiares

Um dos pontos fortes da acusação é que ninguém se lembrou de levar a serrada mão para o hospital juntamente com a sua dona. Dizem os inspectores que tal manobra foi propositada e a ideia era mesmo que a moça ficasse sem mão para qu’a prestação caísse ali certinha.

Feliz ou infelizmente, a polícia encontrou a dita mão e os médicos lá reataram a coisa à rapariga. Não sei como, mas dizem que está a recuperar bem.

Isto faz-me lembrar a história d’um moço da aldeia do meu pai que cortou à machadada dois dedos para não ser chamado pá guerra em Moçambique. Azar do caraças porque não se lembrou que também eram precisos cozinheiros. Ficou lá um horror de tempo.

Bom, foi o #estudasses desta semana. Voltamos em breve.

Be First to Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *