Esta pessoa foi Dux na Universidade de Coimbra durante 19 anos

João Luís Jesus cumpriu 19 anos e um mês como Dux da Universidade de Coimbra. Incompreensivelmente, foi agora posto a andar pelos colegas.

A vida d’estudante não é fácil… estou a brincar, é, é. Nunca andei na universidade mas conheci mesmo muitas universitárias e aquilo sempre me pareceu cinco estrelas. Agora tenho prova disso porque em Coimbra pelo menos um gajo foi Dux 19 anos.

Numa reunião na quarta-feira à noite, o ‘Dux Veteranorum’, João Luís Jesus, que ocupava o cargo há 19 anos, foi destituído pelo Conselho de Veteranos.

“Nós achávamos que [o Dux] estava a fazer uma representação ilegítima, para além de estar há muito tempo no cargo. Ele não era estudante, fazia a matrícula apenas para ser Dux e não era um Dux ativo. Apenas trabalhava em prol da Queima das Fitas e as pessoas não o conheciam”, justificou Matias Correia, o seu sucessor.

Para o novo Dux, os estudantes e a sociedade viam “o Conselho de Veteranos como uma nódoa negra, um embaraço”, não sendo conferida qualquer “legitimidade ou credibilidade” ao órgão que regula a praxe da Universidade de Coimbra, bem como outras tradições académicas. “O meu objectivo é acabar com essa imagem e tentar devolver credibilidade a este órgão”, defendeu Matias Correia, sublinhando que só vai ficar no máximo quatro anos no cargo, querendo fazer uma revisão do código da praxe para estabelecer um limite de mandatos “para evitar este tipo de abusos”.

Muito bem senhor doutor engenheiro. Matias Correia, de 25 anos, está há sete anos na Universidade de Coimbra, sendo actualmente estudante de doutoramento de Engenharia Electrotécnica e tendo esta cara de bom-rapaz. Bom, sempre é melhor do que alguém que de drogas só manda Libidium Fast.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *