Lembro-me como se fosse hoje: andava eu na secundária, sem os livros da escola mas com Nietzsche na mochila. Fez de mim homem, é o que é. Agora, no dia em que faleceu, trago-te oito das suas melhores frases.

A Insanidade no Indivíduo é rara – mas em grupos, partidos, nações e épocas é a regra.

As mulheres foram o segundo erro de Deus.

Dois grandes narcóticos europeus: álcool e Cristianismo.

A melhor arma contra um inimigo é outro inimigo.

No céu faltam todas as pessoas interessantes.

O cristianismo torna o sofrimento contagioso.

A pequena força que empurra um barco para o rio não deve ser confundida com a força do próprio rio. Mas esta confusão parece estar presente em todas as biografias.

O verdadeiro homem quer duas coisas: perigo e brincadeira. Daí gostarmos de mulheres, a brincadeira mais perigosa de todas.

 

Até dá gosto, não é? A tua professora é que não te soube explicar como o homem era divertido. E por falar nisso, olha o Ricky:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo