Octávio Ribeiro, ou um gajo ainda pior qu’o Gentil Martins

O que é pior do qu’um idoso senil que como médico já não vale nada desde dos 90 como Gentil Martins? Alguém qu’o defenda, como o Octávio Ribeiro.

Provavelmente já sabes o que disse Gentil Martins numa entrevista a um jornal qualquer: a homossexualidade é um desvio, o Ronaldo é um gajo sem moral católica e todos os preconceitos que já esperamos de antigas crianças da fome e da miséria, a quem Salazar até parecia uma boa alternativa. (é, até eu fico espantado comigo, às vezes)

Bom, e quem é que aparece para o defender (para além dos grunhos do PNR e ex-combatentes do ultra-mar)? Um “jornalista” do Correio da Manhã, claro está! Começa Octávio Ribeiro:

Uns próceres do bom gosto moderno querem incomodar Gentil Martins por este enorme médico se ter atrevido a criticar os métodos de procriação de Ronaldo. Gentil Martins disse o óbvio: quem não tem problemas de saúde e gera filhos intencionalmente sem mãe presente é “um estupor moral”.

Ui! O que quer dizer próceres? Ai agora não tenho tempo para ver isso. Nem faço ideia o que seja o “bom gosto moderno” mas soa-me logo bem.

Querido Octávio. Nem foi tanto a cena do Ronaldo, como o meu querido quer fazer (des)acreditar. O qu’o idoso e senil do Gentil Martins disse foi afirmar-se contra a homossexualidade, contra o aborto independentemente das circunstâncias e contra a eutanásia.

O que em alguém que foi bastonário da Ordem dos Médicos é, no mínimo, assustador.

Já tu, meu Otário Ribeiro nem sequer percebes que ao escreveres o que escreveste, revelas ser mais um a afirmar, que só um pai e uma mãe (obediente!) podem gerar crianças normais. ‘Tás em 2017, minha besta. 2017.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share