Azerbaijão: presidente escolhe para vice… a própria mulher

O Azerbaijão é mais uma terra mágica onde um casal de semi-psicopatas governa sem grande vergonha. Agora a primeira-dama é também vice-presidente.

O Azerbaijão foi integrado na União das Repúblicas Socialistas Soviéticas em 1920 e passou a ser um país independente em 1991, na sequência da denominada perestroika. Este processo, iniciado em 1989, culminou com a independência das antigas das repúblicas soviéticas, entre as quais este caricato país.

O petróleo e o gás natural são as duas maiores fontes de riqueza do país, o qual produz diariamente 1,4 milhões de barris. O petróleo e o gás natural representam 95% das exportações do Azerbaijão.

O presidente, Ilham Aliyey, nomeou a mulher, Mehriban Aliyev, como primeira vice-presidente do país. Segundo a Euronews, os cargos de vice-presidente e primeiro vice-presidente foram agora criados, na sequência de um referendo constitucional que permitiu esta reforma.

Ilham Aliyey ocupa a presidência desde 2003, ano em que sucedeu ao pai Gaydar, que ocupava o lugar desde a independência do país, em 1991.

O Azerbaijão tem 9,3 milhões de habitantes e faz fronteira com o Irão, a Geórgia, a Rússia, a Arménia e a Turquia.

Recentemente, a organização não governamental Human Rights acusou as autoridades azeris de usar a ameaça do extremismo religioso para perseguir os seus opositores políticos.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *