Até a ciência ’tá tipo… meu… legalize ✌

A Academia Nacional de Ciências dos EUA reviu a importância do uso da cannabis para combater algumas doenças e decidiu que devia passar a ser considerada um fármaco. Ou seja, #legalize

Podia começar por te mostrar dezenas de artigos sobre como a legalização da cannabis ou canábis gerou emprego e riqueza em todos os estados da ‘mérica onde foi legalizada. Poder, até podia, mas mais vale ires tu ao google.

Como aqui vou relatando, do cultivo aos derivados, há na legalização muito trabalho e muitos impostos a serem pagos. Força Bloco, um dia, talvez, quem sabe.

Se há o risco de um surto de esquizofrenia na população? Até agora não se viu nada disso. Mas afinal, quanto pior pode ficar?

Bom, o comité da Academia Nacional de Ciências analisou mais de 10 mil estudos terapêuticos para procurar concluir se a cannabis tem efectivamente efeitos terapêuticos.

No relatório de 400 páginas, a equipa considera que a marijuna deve deixar de ser catalogada como uma droga de tipo 1 (sem uso médico aprovado e com elevado potencial para a adição), tal como a heroína, a cocaína e o LSD.

No fundo é só uma planta. E parece-me claro e evidentemente, da maneira que as pessoas andam, não fazia mal nenhum ter uma nova prateleira com verdes nos hiper-mercados.

Share

One thought on “Até a ciência ’tá tipo… meu… legalize ✌

  • Fevereiro 14, 2017 at 10:32 pm
    Permalink

    Já devia estar legalizada, há demasiados relatos dos seus benefícios, mas parece que iria contra todos os discursos de “erva é má para a saúde” e fazer cair em descrédito tantas teorias. Mas eu sei lá…nem fumo nem sou médica…só opino =P

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share