4 horas de sexo com o ex-marido e… arranca-lhe os intestinos

Só queres encontrar o grande amor da tua vida? Pois fica sabendo que, por vezes, acabas com os intestinos de fora.

Dalya Saeed, de 35 anos, está a ser julgada no tribunal de Birmingham, no Reino Unido, por ter atacado o ex-marido com uma faca e ter tentado eviscerar o homem. A mulher e o ex-marido, Bilal Miah, de 31 anos, terão tido uma discussão sobre a custódia da filha e acabaram a fazer sexo durante quatro horas, como aliás, se deve fazer sempre que os assuntos paternais costumam ser complicados de resolver.
No fim, Dalya atacou o ex-companheiro com uma faca e arrancou parte do intestino deste, atirando-o para o chão do quarto. Em tribunal, o homem contou em pormenor a cena digna de filme de terror. Em pânico e a sangrar profusamente, tentou voltar a por as entranhas na zona do abdómen.
“Os meus intestinos estavam de fora, estava tudo de fora e ela agarrou-os e puxou-os. Cortou parte e atirou para o chão, mas eu consegui pô-los na barriga”, contou Bilal Miah, que tentou fugir do apartamento mas foi perseguido pela mulher, que o atacou ainda na rua com um pau e um cutelo.

Ouvida no julgamento, a arguida alega que, enquanto durou o casamento, foi muitas vezes vítima de violência doméstica. Diz ainda que, no dia nos crimes, as quatro horas de sexo não foram consensuais e que, por isso, foi violada. Os dois correm risco de serem deportados, por terem imigrado ilegalmente para o Reino Unido, vindos do Iraque.

Já ele, terá para sempre, uma boa história para contar quando lhe perguntarem “que cicatriz é essa?”

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *