1984 regressa às Salas-de-Cinema

Depois de voltar a vender milhares de exemplares em livro, a obra 1984 voltará aos ecrãs de 123 cinemas dos EUA, numa clara manobra “anti-Trump”.

Foi dos melhores livros que li na minha adolescência. “1984”, publicado em 1949, conta a história de Winston Smith (John Hurt), um funcionário público do Ministério da Verdade do país imaginário Oceania, que tem como missão reescrever a história de forma a dar uma imagem positiva dos seus líderes.

O filme, que se estreou precisamente em 1984, tendo com protagonistas John Hurt, Suzanna Hamilton e Richard Burton, será exibido a 4 de Abril de 2017 em 123 salas dos EUA e Canadá.

Isto porque foi a 4 de Abril de 1948 que Winston, o herói do livro de Orwell, começou a redigir um diário onde escrevia de forma persistente “down with de Big Brother” (abaixo com o Grande irmão), o líder do IngSoc, o partido totalitário que assumiu o controlo do megabloco mundial chamado Oceania.

O livro “1984” tornou-se um “best seller” nos EUA desde que Donald Trump chegou à presidência do país. E Trump, como os seus conceitos de pós verdade e factos alternativos, é visto como uma espécie de reencarnação do “Big Brother” orwelliano.

Algo me diz que não tarda temos aí um remake. Desta vez, com Áliens.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share