Confirmado: pinguins são “depravados sexuais”

Finalmente a confirmação daquilo que muitos de nós já sabíamos. O pinguins são únicos no reino animal porque… são uns taradões. BBC VIDA ZANGADA

Aquilo é orgias, aquilo é homossexualidade (vá, tirando o homo), aquilo é violações em grupo, necrofilia, enfim… parecem fofos mas não são.

Quem nos disse tal foi George Murray Levick e hoje, é tempo de recordar, já que estamos no dia mundial do Pinguim. As descobertas de Levick que desvendaram o lado negro de uma espécie que, apesar de ter apenas 70 centímetros e um ar engraçado, é dono de um comportamento sexual muito, mas muito peculiar.

O que se escondeu, durante quase 100 anos, por motivos de obscenidade, são as outras tendências sexuais que Levick registou durante a sua expedição.

Tal como explica o site IFLScience, no relatório constam comportamentos de uma “depravação impressionante” dos “machos arruaceiros”. Entre abusos físicos e sexuais, alguns destes hábitos são de tal modo levados a extremos – algumas fêmeas chegam mesmo a morrer.

Em 1998, numa outra expedição à Antárctica, descobriu-se que alguns machos costumam apedrejar algumas fêmeas.

Não me ia admirar nada se também andassem na asfixiação e no BDSM.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share