Ciência confirma: as galinhas são maquiavélicas

Não só são tão espertas como os mamíferos como muitas delas, em teste, mostraram comportamentos maquiavélicos. Há, afinal, muito a descobrir sobre as galinhas.

Publicado esta semana no Animal Cognition, o estudo reviu várias investigações anteriormente publicadas e concluiu que a inteligência das galinhas tem sido muito subestimada: estas aves são, afinal, capazes de raciocínio lógico, têm personalidades distintas e até mostram tendências maquiavélicas. Os galos, por exemplo, “finjem” que há comida para atrair as fêmeas e cacarejam mais baixo durante os rituais de acasalamento se estiverem outros machos nas redondezas para não lhes chamar a atenção.

As galinhas, mesmo com pouca idade, demonstraram também ter noção das quantidades. O estudo considera também demonstrado que as galinhas são capazes de auto-controlo quanto se trata de esperar por uma recompensa alimentar melhor.

No campo emocional, as aves mostraram sentir medo, expectativa e ansiedade.

Como já deves ter reparado já vou no quinto paragrafo e consegui evitar as piadolas e ou escrever a palavra pito… ops.

Bom, agora já sabes. Resta esperar que a sociedade acabe finalmente com este tipo de coisa:

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *