Nestlé despede por comentários sobre toureiro

O youtuber JPelirrojo fazia publicidade à Nestlé. Decidiu, mais uma vez, demonstrar o quanto não gosta de touradas, e foi despedido pela marca.

Víctor Barrio, um toureiro de 29 anos, morreu no passado sábado durante uma corrida de touros em Teruel, Espanha, enquanto tentava matar o animal. Deus nosso senhor interviu e o matador foi morto.

Evidentemente veio logo a enxurrada de comentários nas redes sociais. Uns a dizer que sim senhor, pute que o pariu, outros a dizer que nunca se deve celebrar a morte de um ser humano, especialmente que use colans.

Ora, o youtuber JPelirrojo terá dito como o alegra sempre que morre um toureiro. E explica que lhe sabe a “justiça poética”, tal como quando “um pirómano morre num dos incêndios que criou”.

Entretanto o rapaz apagou o que escreveu mas a multinacional Nestlé não perdoou. Optou por despedi-lo “por manifestar a sua alegria pela morte de um ser humano”.

E morte de seres humanos, é algo que a Nestlé entende muito bem

Esta multinacional é responsável por trabalho escravo em vários países. Em especial, trabalho infantil (ver e deprimir aqui). E por falar em crianças, muito (e mal) se tem falado também de todos os pseudo-estudos que a própria marca financia e divulga a recomendar o seu leite em pó. Ah, isto claro, sem esquecer os crimes ambientais que o infame Óleo de Palma causa. Enfim, a lista é longa (ver mais exemplos aqui) e agora, pelos vistos, junta-se tourada à festa.

“Nestlé, porque queremos enriquecer, e que o mundo se lixe, mazé.”

nestle

Share

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share