Papa rejeita doação por causa do “número da besta”

O governo argentino fez uma doação de 16 milhões e 666 mil pesos (cerca de um milhão de euros) mas o Vaticano rejeitou por causa do “número da besta”.

Segundo o Vatican Insider, o Papa Francisco não gostou de saber da quantia milionária que havia sido doada à Fundação Scholas Occurrentes pelo governo Argentino.

O valor exacto em pesos (16,666,000), com o número da besta, terá sido visto pelo chefe da igreja católica como uma piada de mau gosto. Assim, o papa mandou os responsáveis da Fundação recusar a doação. Estes obedeceram, mas não ficaram nada satisfeitos, regista a mesma publicação.

Se calhar teria bastado um dia para que a taxa de câmbio desse 16,667,000 mas o Vaticano preferiu não arriscar.

O NÚMERO DA BESTA

Esta associação vem directamente da bíblia na versão latina, mais concretamente no Apocalipse 13.

E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na mão direita ou na testa, para que ninguém possa comprar ou vender , senão aqueles que tiverem o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome. Aqui há sabedoria. Aquele que tem entendimento calcule o número da besta, porque é número de homem; e seu número é seiscentos e sessenta e seis.

Ora, uma rápida pesquisa na Internet revela-te o quanto estas palavras são, ainda hoje, levadas a sério por muito boa gente. Há quem diga que a primeira frase se refere a um chip que o Anticristo, depois de tomar controlo do governo mundial, usará para nos ter controladinhos de todo.

Outros acreditam em algo que, aparentemente, é bem mais plausível. Nero Caesar em Aramaico escreve-se NRON KSR. Como no latim, o Aramaico tem valor para as suas letras. Ou seja a soma das letras com que se escreve Nero Caesar (NRON KSR) dá 666.

N= 50 + R=200 + O= 6 + N= 50 + K=100 + S= 60 + R=200 = a 666

Ora, muitos acreditam que isto faz sentido porque o falecido imperador romano Nero Caesar não foi das melhores pessoas a tratar católicos. Atirava-os aos leões e assim. Como terá feito, aliás, com os apóstolos Pedro e Paulo.

No entanto, não há qualquer referência ao tal sinal na mão ou na testa na Roma Antiga.

No entanto, também não há na bíblia qualquer referência a um Papa ou a um Banco do Vaticano e não é por isso que não continuam a fazer das suas, não é?

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share