A página de Facebook da PSP e como são gastos os teus impostos

A sempre útil página do Facebook da PSP continua a mostrar o quanto a inutilidade preenche os dias das nossas forças de segurança.

Há quem lhe chame “proximidade”; há quem lhe chame “desperdício completo de tempo e de recursos”. A verdade é que a Polícia de Segurança Pública não resiste aos encantos do Facebook e a sua página debita três a cinco posts por dia.

O mais recente é sobre a detenção de um homem de 57 anos e a sua “plantação” de canábis.

Primeiro, uma velha ligou para eles a falar sobre um gato que não parava de miar. Ora, gatos é logo para mandar um carro de patrulha! Melhor ainda, encontraram canábis! Como ainda estava plantada não deu para ficarem com ela, por isso toca a montar uma operação de vigilância – como fazem os ‘mericanos!! – e prender um quase idoso que teve infeliz ideia perto de uma velha que denuncia gatos que miam à PSP.

Bom, espero que este texto não me valha um processo como já aconteceu. Afinal de contas, sabemos que há uma dúzia de polícias em permanência a “patrulhar” as redes-sociais. Pelo menos assim deixam sossegados os verdadeiros criminosos que, coitadinhos, só querem desviar uns milhões por ano.

Share

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share