Os Gregos estão a voltar ao paganismo (e a vandalizar igrejas no entretanto)

Está a aumentar o número de gregos que regressam ao paganismo e à adoração dos antigos deuses. Entretanto, foram culpados de vandalizar igrejas ortodoxas com fezes.

De rituais aos antigos deuses como Apolo ou Hera até declamações de poemas antigos sobre heróis mitológicos, grupos como a comunidade religiosa Labrys ou o Conselho Supremo dos Helenos Étnicos, tem como objectivo restabelecer o politeísmo e a tradição étnica dos tempos antigos na Grécia moderna.

Recentemente, “os seguidores de Zeus” foram acusados de vandalizar uma igreja ortodoxa na ilha de Creta, manchando com fezes todas as figuras religiosas que encontraram. Mas este incidente está longe de ser isolado.

Um pouco por toda a Grécia, igrejas católicas e ortodoxas têm sido atacadas ou vandalizadas – alegadamente por seguidores dos deuses da antiguidade. O motivo é o mesmo que motivou a vaga de igrejas queimadas na Noruega à uns anos:

Os primeiros cristãos escolheram construir as suas igrejas precisamente nas ruínas de locais de culto aos antigos deuses (algo que também aconteceu em Portugal) e à boa maneira católica, forçaram tais povos a uma conversão pela violência.

Ora, estes pagãos modernos estarão desta forma ajustar contas e a relembrar que querem os católicos e os ortodoxos o mais longe possível.

No meio desta loucura toda, tenho é pena que não voltemos a vestir como na altura. As meninas, então, vestiam muitíssimo melhor do que hoje não achas?

Bom, mas ironias complicadas de perceber por quem não leu muito sobre mitologia galaica à parte, a coisa está mesmo a crescer e reúne cada vez mais adeptos. Desde que não violem crianças, por mim tudo bem. Também só feiras medievais cansa.

Share

One thought on “Os Gregos estão a voltar ao paganismo (e a vandalizar igrejas no entretanto)

  • Agosto 17, 2016 at 11:59 am
    Permalink

    Há quem confunda conceitos…. Paganismo e vandalismo são duas palavras que não encaixam

    magiawiccaportugal.blogspot.pt

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share