Pena de Morte adiada por falta de injecções letais

Vês? E tu a pensar que só em Portugal é que o sistema de saúde e judicial é que não funcionam como deve de ser. Na ‘Mérica, um homem viu a sua pena de morte adiada por falta de injecções letais.

Ivan Teleguz está no chamado corredor da morte por ter mandado matar a mãe do seu filho. Ivan foi condenado em 2006 e estava previsto levar a pica fatal (acho que vou registar esta expressão!) no dia 16 de Abril.

Surpresa das surpresas: acabou-se o stock. Tal qual vacina da BCG em Portugal, também aqui não há data prevista para resolver a questão.

Por enquanto Ivan Teleguz ficará onde estava. Reforçar ainda que só no ano passado aconteceram 1,630 execuções por esse mundo  fora, sendo 28 delas nos Estados Unidos. No Irão estimam-se mais de 977, na Arábia Saudita 158 e na China, evidentemente, não foram revelados números.

engolir-em-seco

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share