Mais um motivo para não gostar do Justin Bieber

Eu sei, eu sei. Como se fosse preciso tal coisa. Aliás, ouvi hoje pela primeira vez na minha vida a “música” do catraio. Morreram-me alguns sim, mas a maioria dos neurónios por cá ainda continuam. O mesmo, infelizmente, não poderá ser dito deste… cantor… ?

O que é que ele fez? O que é que ele fez? Gozou com o meu adorado Kurt Cobain num concerto em Seattle. Eu sei, eu sei. Lendas imortais do Rock não são afectadas por mais um produto da indústria musical que existe apenas para ajudar pitas a atravessar a puberdade. Mas desta vez o puto foi longe demais. E, aliás, o Marilyn Manson concorda comigo.

É que depois de Bieber ter-se vestido, imitado e até destruído uma canção de Cobain, o auto-proclamado Antichrist Superstar em pessoa gozou com a miúda com esta belíssima fotografia:

Onde escreveu: Bigger Than Bieber
Onde escreveu: Bigger Than Bieber

A verdade absoluta / piada do God of Fuck (é, já ouço Manson ainda tu andavas de um para o outro) vem no seguimento de umas fotos que o Justin Bieber postou nas redes sociais. Sim, o meu cérebro guarda mesmo muito lixo. Primeiro apareceu com uma t-shirt oficial do Manson. Como este não lhe ligou nenhum, ficou revoltado e usou a do lado direito num concerto.

justin-bieber-satanico-marilyn-manson

Imagino eu para que, pelo menos, os tolinhos que acreditam que os Illuminati andam a corromper as mentes dos adolescentes lavando o cérebro às pop-stars, lhe reduzissem a crescente irrelevância. Uma teoria que faria muito sentido se, pelo menos, houvessem cérebros envolvidos na equação.

Enquanto estava a fazer isto, descobri que o miúdo disse mesmo estar barbárie:

justin-bieber-kurt-cobain

Tá? Conseguiste assimilar? Nem vou perder tempo a explicar todas as formas como o miúdo está enganado e mostrar simplesmente o gajo que representou o último e derradeiro bafo de Rock & Roll que o mundo sentiu.

É. Era só isto.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share