O planeta está a morrer? Óptimo!

Apesar de existirem idiotas que ainda acham que o aquecimento global é um mito, 2015 bateu todos os recordes, sendo a situação do planeta descrita por cientistas como “explosiva”. Sinceramente? Eu acho que o planeta estar a morrer são óptimas notícias!

Primeiro porque não é o planeta que morre. Somos nós. Faz, aliás, parte do processo natural existirem extinções em massa e nós não seremos excepção. A menos que os ricos e poderosos fujam para a colónia de férias espacial.

Sim, claro que é só um filme. Entretanto tudo se vai resolver, não vai?

Podes continuar a comprar em saldo mesmo que seja feito no outro lado do mundo e custe muito a transportar e a fazer? Não vais deixar de aproveitar os voos low-cost só porque os aviões causam poluição, pois não? Era o que mais faltava não trocares de telemóvel de seis em seis meses, certo?

“Os níveis de dióxido de carbono estão a aumentar mais depressa do que ocorreu durante centenas de milhares de anos”, especificou Pieter Tans, o principal cientista da Rede de Referência Global dos Gases com Efeito de Estufa da NOAA.

O mesmo acontece com a Radiação. E claro, com a Temperatura. O que destabiliza todo o sistema ambiental causando cada vez mais e maiores “catástrofes naturais”. E todos sabemos o bem que isso correu ao Japão.

Por falar em nuclearidades, existem ainda 19 mil ogivas nucleares. E a última vez que o planeta esteve sem guerra foi há quase 3000 anos antes do Cristo. Por falar nisso, estranho o pai do moço não fazer nada, não é? Se calhar é por isto:

E é por estas e por outras que quem se comparar sequer a este homem é um aborto por acontecer.

Entretanto e para fecharmos esta belíssima reflexão, que como sempre neste assunto, nada mudará, fecho com uma frase que me parece mais acertada do que qualquer coisa que o Nostradamus tenha escrito: “

A raça humana acabará por morrer de civilização.” Ralph Waldo Emerson

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share