Isaltino Morais já é presidente de loja Maçónica

Quem não se lembra de Isaltino Morais, ex-presidente da Câmara de Oeiras e bom rapaz no geral? Teve a infelicidade de ser preso mas já passou e agora, pelos vistos, já manda numa das mais importantes lojas maçónicas de Portugal.

catarina-guerreiro-jornalista-solQuem o diz é a jornalista Catarina Guerreiro no seu novo livro sobre a Maçonaria. Catarina Guerreiro é a única jornalista portuguesa de saia travada que consegue estes exclusivos da Maçonaria. Ninguém sabe como mas tudo indica que tem muito a ver com o Tronco da Viúva. #piadamaçon

Infelizmente, por causa dela, fui banido do Facebook do quase na falência Semanário Sol e até hoje ainda estou a recuperar. De qualquer forma, aqui está ela a revelar quase tudo sobre a Maçonaria e a Opus Dei numa das poucas entrevistas que deu na vida.

Mas não me posso dispersar até porque há mesmo muito a referir sobre Isaltino. A Tina fica para uma próxima oportunidade.

O TODO-PODEROSO ISALTINO GRAU 31 MORAIS

Em 2009, Isaltino Morais encomendou a pintura do seu retrato e a respectiva conta de 8.800,00 € (+IVA) foi paga pelos cofres da autarquia. Mas nada que uma ex-presidente da Assembleia da República não tenha feito, não é Assunção Esteves? Afinal esta querida fez o estado português pagar 15 mil euros pelo retrato oficial, pintado claro pois, por uma pintora-freira espanhola. Por acaso até ficou bem bonito não achas?

assunção-esteves

Mas voltando ao Isaltino. Momentos tão bonitos como este têm marcado a sua existência depois de uns curtos 14 meses de cadeia por fraude-fiscal e branqueamento:

O melhor que este país tem hoje são os presos. Talvez tenha tido sorte porque fui muito bem recebido na prisão da Carregueira. Nunca fui hostilizado. Toda a gente me respeitava muito e se me faltava alguma coisa todos me queriam ajudar. Tenho uma gratidão pela generalidade dos reclusos da Carregueira, sobretudo pelos do quarto piso. Proporcionavam-me tudo o que precisava”, relatou .

Aposto que se estava a referir à charutada.

Isaltino-Morais-maconaria

Se há mais? Claro que há! Segundo a página “Levanta-te Oeiras” (excelente nome) uma sondagem com amostra de 1.607 pessoas, demonstra que se fossem hoje as eleições autárquicas, Isaltino Morais venceria com mais de 61% dos votos, esmagando todos os partidos políticos em Oeiras.

Tu ouviste isto Valentim Loureiro?! 61 % ! Volta, por favor, a comédia nacional precisa de ti. Por falar em grandes homens da política, a 11 de Outubro de 2014, Mário Soares, afirmou que “Isaltino foi um grande presidente de câmara e considero que foi injustiçado”.

E AGORA ISALTINO?

Depois de centenas de horas de pesquisa (vá, 20 minutos) sobre onde anda agora este mártir da política portuguesa, descobri neste artigo da revista Visão que prepara, pois claro, um regresso à política. Em 2017 contem com ele em Oeiras. Tentou também fazer uns negócios em Angola e Moçambique mas pelos vistos isto já não é como antigamente e claro, lá terá que voltar à política.

Mas mais interessante ainda é a sua vida de avental. Diz a Catarina que o antigo presidente da Câmara Municipal de Oeiras tinha saído da maçonaria a 1 de Abril de 2014, pouco antes de ser preso. No Verão de 2015, após ser libertado, voltou a entrar em segredo na Grande Loja Legal de Portugal.

A sua ida a um templo da GLLP, não foi pacífica dentro da obediência. Uns consideravam que devia esperar mais um tempo, outros apoiavam o regresso imediato de Isaltino Morais. Numa sessão liderada pelo engenheiro Luís Castro, o ex-autarca foi então perdoado pelos ‘irmãos’.

Acho que fizeram o famoso ritual do túnel e deram-lhe uns cachaços valentes para aprender (fonte não confirmada)

Dia 20 de Setembro foi a uma reunião secreta no Hotel Altis, em Lisboa, onde o grão-mestre Júlio Meirinhos deu posse aos veneráveis de várias lojas da Grande Loja Legal de Portugal.

No dia seguinte fez a primeira reunião da Loja Mercúrio como líder. O antigo grão-mestre José Moreno, o socialista Emanuel Martins e o arquitecto Tomás Taveira (!!!) foram alguns dos presentes.

A meio da sessão, Isaltino fez um discurso para falar dos tempos em que esteve preso e agradecer toda a solidariedade que sentiu. Não faço ideia quem se chibou, já que Catarina como mulher não pode profanar o chão das grandes lojas, mas enfim.

E sobre Isaltino Morais, estamos esclarecidos? Eu acho que sim mas porque leste até aqui, eis um excerto do seu “livro” que relata o seu terrível ano e dois meses na prisão mais confortável, e bucólica, do país:

“Esta noite tive um sonho erótico. […] Num ambiente de luxo e conforto com umas janelas enormes para uma paisagem deslumbrante, de exploração dos sentidos, fui transportado para um estado de enorme prazer. Acordei com uma sensação agradável de grande relaxe e de grande bem-estar físico. O pior foi quando abri os olhos e vi o armário ao lado da cama e vapores de neblina da serra de Sintra a entrar pelas janelas gradeadas da prisão”
#chupashakespeare
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share