O vírus Zika e a Rockefeller Foundation

Muito bem-vindo/a às conspirações ao sábado. A saber: O vírus Zika foi descoberto pela Fundação Rockefeller em 1947 e é vendido pelos próprios a qualquer um por uns meros 599 €.

Eu sei, eu sei. Vamos por partes, como diria o Lecter. A 18 de Abril de 1947, na Floresta Zika em Uganda, um macaco rhesus de número 766 desenvolveu uma febre. O seu soro foi inoculado em cérebros de ratos. Eles adoeceram. O vírus Zika havia sido descoberto.

No entanto, os cientistas envolvidos foram o virologista George Dick e o entomologista Alexander Haddow, ambos funcionários dos Laboratórios para Febre Amarela da Rockefeller Foundation em Entebbe.

Esta parte está clara? Óptimo. Agora vamos a mais estranhas coincidências:

Oxitec, já ouviste falar? Uma empresa britânica de manipulação genética. Choque dos choques, a zona do Brasil onde apareceu este vírus é a mesma zona onde soltaram os mosquitos geneticamente modificados em 2015. Uns meses depois, microcefalia a torto e a direito.

zika-virus-rockfeller

E a quem pertence a Oxitec? A empresa de biotecnologia foi comprada pela Intrexon, conforme noticiado em Agosto de 2015. E pela mesma ordem de ideias, quem detém a Intrexon? Não é fácil chegar lá mas nada como seguir o dinheiro. Esta é a posição acionária da empresa de acordo com o site da NASDAQ:

virus-zika-acionistas

A Vanguard Group, BlackRock, Morgan Stanley, State Street Corp, Third Security, entre outras são empresas/fundos de investimento e bancos que pertencem às dinastias de banqueiros Rothschild e Rockefeller. Se já ouviste falar nestes nomes, acho que estás esclarecido. Senão, muito boa viagem.

“Ai ó Zangado, sinceramente. Tu achas mesmo que as grandes corporações iriam infectar a própria população só para ir reduzindo a mesmo enquanto se lucram mais uns milhões em vacinas? És mesmo tolo, onde é que isso já se viu”.

Ah, quase que me esquecia. Se quiseres então comprar uma amostra, é ir aqui.

Share

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share