Serviços Secretos confirmam: homem que acredita ser Jesus Cristo tinha planos para roubar o cão dos Obama

Este autêntico conto de terror presidencial vem mais uma vez reforçar que o mundo é um local com mesmo muitos malucos. Scott D. Stockert foi encontrado com um autêntico arsenal de guerra dizendo que se iria candidatar à presidência e, claro, para isso, raptar o cão dos Obama.

Quando foi interrogado, depois de ter sido preso numa operação de trânsito, afirmou como seria de esperar que seu pai era John F. Kennedy e a mãe, pois está claro, Marilyn Monroe.

Espantosa foi a clemência do juiz. Scott foi libertado, ainda que sujeito a rigorosas medidas psiquiátricas de controlo, proibido de ter consigo armas reais ou de imitação e claro, deve manter-se afastado da Casa Branca, Capitólio e afins.

O que continua por resolver são os esmagadores números diagnosticados de doença mental nos Estados Unidos como podes ver aqui.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share