Multinacionais utilizam cobalto obtido com trabalho infantil

Vamos a mais uma notícia chocante que não vai mudar seja o que for? A Amnistia Internacional acusou hoje as multinacionais Apple, Microsoft, Samsung, Sony, Vodafone ou Volkswagen.

A organização garante que o cobalto usado nas baterias de lítio usadas por 16 multinacionais é extraída em minas onde crianças e adultos recebem um dólar por dia, sem condições de segurança e sujeitos a violência, extorsão e intimidação.

Em 2012, a Unicef estimava que 40 mil crianças trabalhavam nas minas do sul do país, muitas envolvidas na extracção de cobalto. Mais de metade do minério usado em todo o mundo provém da República Democrática do Congo, com 20% a sair de minas com exploração artesanal.

Em relação às crianças, carregam pesadas cargas de minério em bruto no meio de calor intenso, sem luvas ou máscara, recebendo entre 90 cêntimos e 1,8 euros por dia.

Já a MEO! tem uma fantástica promoção de um iPhone s6 a 1 euro por dia! Não sejas uma criança do terceiro mundo e compra já!

tumblr_m8544btHpM1qc6rn2

Share

3 thoughts on “Multinacionais utilizam cobalto obtido com trabalho infantil

  • Fevereiro 20, 2016 at 2:18 am
    Permalink

    Iphones feitos por crianças pobres na China e colbato extraido nas minas do Congo em que quando há derrocadas os trabalhadores ficam “por defeito já enterrados”. Só de uma vez ficaram lá 200. Se perceberes francês, convido-te a seguir o “Cash Investigation” uma espécie de Sexta às 9 mas com muito mais investigação, apresentado por Elise Lucet – France 2: https://www.youtube.com/watch?v=w2PZQ-XprQU&list=PL34uTYtIasHHLaaDhBKWkFAsdOHS0HS2G&index=17. Agitar as mentes e mostrar-lhes o que elas não querem ver, é o que é preciso.

    Reply
    • Fevereiro 20, 2016 at 7:37 pm
      Permalink

      Desconhecia esse Cash Investigation mas parece-me muito bom. Obrigado!

      Reply
  • Fevereiro 21, 2016 at 5:33 pm
    Permalink

    Já os vi quase todos, são investigações “Top” que nos mostram a realidade dos negócios, tudo aquilo que fica oculto atrás do maravilhoso Marketing. Expuseram a Inditex e o trabalho infantil, expuseram o peixe e o tomate que vão parar às prateleiras dos hipermercados. O tomate que compramos em lata, e não só, tem quase todo origem em Itália e colhido com exploração laboral ao mais alto nível em que os trabalhadores dormem em barracas nos arredores dos campos. Queixavam-se de que ofereciam-lhes 10 euros à hora e que depois só recebiam 4 euros (aqui eu fiquei um pouco chocada… pois em Portugal ganha-se oficialemente 2euros à hora!). Se as pessoas soubessem que muitos pescadores são atirados literalmente para o mar à morte, porque apenas reclamam que querem descançar um pouco, mandavam os hipermercados “à horta”. Aquele peixinho todo fresquinho e com super-descontos está “manchado de sangue”. As pessoas estão doentes. Que venha uma limpeza cósmica o mais rápido possível.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Share